RunCloud Review – Análise do painel de hospedagem VPS

Publicado por:

Vitor Faustino

em 1 de setembro de 2020

Na minha opinião, RunCloud ainda é o melhor painel para desenvolvedores do Mercado, com excelente custo-benefício e uma interface limpa e repleta de recursos.

Cansado para ler? Ouça este conteúdo no estilo PodCast!

Fala Faustino 🎙️
Fala Faustino 🎙️
Os melhores conteúdos do universo digital! Análises, Reviews, Cloud Computing, Marketing Digital e muito mais. Sempre com minha opinião sincera.
#01 RunCloud Review – Análise do painel de hospedagem VPS

Atualmente, o painel RunCloud é compatível com Servidores KVM (máquina virtual baseada em kernel) o que, na minha opinião, é uma das melhores tecnologias de virtualização, sendo utilizada por grandes players do Mercado. Seu painel pode ser utilizado apenas com o Ubuntu (16.04 / 18.04 / 20.04 LTS 64 bits), existem planos para se integrar ao CentOS no futuro.

O RunCloud pode se conectar e configurar servidores em grandes Players como; DigitalOcean, Vultr, Linode, UpCloud, Amazon Lightsail, Google Cloud, Azure, Amazon AWS e claro, qualquer outro provedor com acesso Root e virtualização em KVM.

Mas adianto, RunCloud não é para todos! Continue lendo para entender os Pontos Positivos e Negativos deste Painel de Controle para Hospedagem que vem crescendo cada vez mais.

Sobre a RunCloud

Fundada por três amigos – Arif Tukiman, Ahmad Fikrizaman e Amir Fazwan -, a empresa RunCloud, situada na Malásia, teve seu início em 2016. Conta com uma equipe muito respeitada, que vem conquistando o mundo da Hospedagem Web.

O RunCloud é meu Painel de Controle favorito desde 2018 quando comecei a testar e migrar alguns clientes. Atualmente ele é utilizado em 90% de nossos projetos, tanto para as demandas da Empresa como para os Projetos Pessoais.

Com uma Interface madura e refinada, a empresa conseguiu entregar um ambiente único para centralizar todos os nossos servidores web. Permite assim, uma gestão rápida e sem atritos, mesmo para aqueles com um conhecimento básico em gestão de servidores.

Conheça mais sobre o RunCloud e sua Trajetória.

RunCloud Prós e Contras

Não sou do Tipo fanboy, não costumo me apegar à marcas ou soluções. Como empreendedor e apaixonado por tecnologia, eu vivo em constante mudança, experimentando tudo de novo que possa aparecer.

Mas, devo dizer, ainda não encontrei nada a altura de RunCloud em termos de recursos, maturidade e custo-benefício, porém, é provável que existam muitos pontos positivos, em comparação aos negativos.

Antes de falarmos sobre os prós e contras, gostaria de reforçar alguns pontos que podem ter interpretações diferentes para cada fator positivo ou negativo, de acordo com seu nível de experiência.

RunCloud não é para todos

Antes de você sair migrando todos os seus projetos e clientes, entenda; RunCloud não é para todos.

O produto é destinado a desenvolvedores e não a proprietários de sites típicos, mas não se assuste com esse parágrafo, existem ressalvas e não quero que você boicote sua capacidade ou conhecimento antes de testar a ferramenta.

Ao contrário de soluções como a “Cloudways”, o RunCloud não é uma solução gerenciada, ou seja, se precisar de ajuda com algum problema relacionado às configurações do servidor ou ajustes de recursos extras, não espere receber este auxílio. Embora, ao longo desses anos, eles tenham me ajudado em várias questões internas dos clientes.

RunCloud é um painel criado para minimizar as ações em linha de comando, entregando recursos úteis através de uma interface limpa e bem organizada, facilitando a Gestão de Usuários, Chaves SSH, Logs, Segurança e muito mais.

Apesar do seu painel incrível, é possível que você precise executar algumas linhas de comando em algum momento.

Se você está buscando uma solução em mesmo nível, porém, com um suporte melhor e com o mínimo de impacto técnico, recomendo que você analise uma das alternativas: Cloudways, GridPane, AgiusCloud, SpinupWP.

Agora, se você é um desenvolvedor ou um usuário mais técnico e deseja autonomia para gerir e cuidar do seus servidores continue lendo…

Para quem é o Painel RunCloud

Para desenvolvedores, SysAdmins e pessoas com um pouco mais de conhecimento em gestão de servidores e linhas de comando através do terminal.

Mas, como eu disse, não se limite se você, assim como eu, tem facilidade em aprender coisas novas. Pois, basta saber o básico de como se conectar ao SSH para executar a instalação e deixar que o RunCloud cuide de toda instalação, segurança e otimização do seu Servidor. Em seguida, você poderá gerenciar tudo através da Interface web do painel.

Ao longo desses anos, foram poucas as vezes em que precisei executar comandos através do terminal. Isso porque, após instalar o painel, tenho acesso a tudo que preciso. Por isso, executo comandos apenas quando um projeto exige algo especial por parte do cliente, ou em situações em que preciso adicionar questões extras de segurança, como novos usuários com permissão sudo, alterar porta SSH e etc. Embora tudo isso você possa ir aprendendo com a prática.

RunCloud – Pontos Positivos

Para mim, uma das grandes vantagens de utilizar o RunCloud é que, de acordo com o plano contratado, eu posso adicionar quantos servidores eu quiser, independente da configuração de cada um deles. Assim, pago apenas para utilizar o painel. O que o torna ainda mais atrativo para quem possui uma quantidade maior de servidores, porém, não deseja pagar um valor adicional de acordo com a capacidade do Hardware, como acontece em soluções gerenciadas.

Mas em questão preço, dependendo da configuração, um único servidor já paga a licença do RunCloud em em comparação com outras soluções gerenciadas como a CloudWays.

Abaixo coloco, de forma resumida, alguns pontos que eu considero importantes, embora representem apenas uma pequena parte da plataforma.

Painel

Ter um painel de controle onde eu possa acessar de qualquer lugar e receber um Overview de cada servidor como Status, uso de Ram, Disco e Load é ótimo.

Eles estão investindo muito tempo e se dedicando cada vez mais em entregar um Painel com uma Experiência de uso realmente boa. Mesmo em um primeiro contato, as coisas parecem simples e a navegação flui muito bem. Configurar e gerir todos os recursos presentes não será uma tarefa muito difícil para os mais experientes, mas pode ser um pouco confusa para quem nunca teve um contato com Servidores.

Provisionamento e Configuração simplificada

Adicionar novos Servidores ao Painel é realmente simples, durante sua instalação, o Script do RunCloud vai se encarregar de instalar e configurar todos os recursos necessários, deixando seu servidor web funcional em poucos minutos.

Você pode realizar a Instalação manualmente com o IP e Senha do Root, ou executando o Script no Terminal.

Para simplificar ainda mais, você pode adicionar Chaves APIs de terceiros como Vultr e DigitalOcean para provisionar e instalar tudo de forma automática e sem sair do Painel.

WebApps

Aqui, a mágica acontece, pois em poucos minutos é possível criar novos usuários e aplicativos da web (Site/Aplicação), podendo, inclusive, fazer uma instalação por 1 Click do WordPress e PHPMyAdmin.

Imagine todo trabalho economizado na hora de incluir novos Sites/Clientes em seu servidor. Tudo isso sem uma única linha de comando.

Escolhendo a Pilha por Webapps

Poder escolher sua pilha desejada, e poder ter uma pilha diferente para cada site/aplicação, tornam as coisas muito mais simples. Atualmente as pilhas disponíveis são;

  • Pilha híbrida: Apache-NGINX (caso precise de .htaccess)
  • NGINX Puro (Minha recomendação)

Em breve a equipe planeja disponibilizar o LiteSpeed como escolha. Este é um recurso muito aguardado pela comunidade e está previsto para lançamento ainda em 2020.

Clone e Staging

Migrar um site (WebApp) entre servidores, executando o RunCloud, leva menos de 2 minutos, pois sua cópia entre servidores é muito rápida.

Clonar um site entre servidores é muito útil. Se você precisar testar uma atualização de PHP do servidor; migrar entre Data Centers/Regiões e até mesmo para recriar um novo ambiente do mesmo site/aplicativo.

O recurso Staging oferece a possibilidade de testar alterações ou atualizações em seu site, sem testá-lo diretamente no ambiente de produção. Isso evita erros inesperados e tempo de inatividade.

Você pode ainda utilizar um domínio ou subdomínio próprio (Precisando alterar o DNS), ou usar a URL temporária, tornando o acesso mais rápido e sem alteração de DNS.

O Staging não é apenas um processo de clonagem. Ele tem a capacidade de sincronizar entre a preparação e a produção. E sim, você pode fazer isso com esse recurso.

  • Para tornar seu site de teste atualizado com os dados do seu site de produção, sincronize da produção ao staging.
  • Quando você terminar de testar algumas atualizações ou novos recursos, aplique-os ao site de produção, sincronizando do staging para a produção.
  • Migre tabelas de banco de dados selecionadas durante o processo de sincronização.

Saiba mais sobre o Recurso de Staging da RunCloud

Domínios e SSL

Configure seus Domínios ao Webapps ou use um domínio temporário para facilitar o desenvolvimento durante propagação DNS.

Configurar seu SSL com o Let’s Encrypt é ainda mais fácil e compatível com HSTS, HTTP/2 e Brotli.

Desempenho

Depois que alterei meu modelo de negócios, deixando a Hospedagem compartilhada e oferecendo uma solução dedicada a cada cliente, meus problemas com Desempenho ou segurança praticamente acabaram.

Ao longo desses anos, muitas melhorias de desempenho foram implementas e até pouco tempo eu poderia dizer que o desempenho com RunCloud era mediano, mas eis que lançaram um novo RunCloud Hub FastCGI.

Com o mais recente RunCloud Hub pude notar ganhos significativos no tempo de carregamento das páginas e melhor gerenciamento de Cache. Conheça alguns recursos;

  • RunCache Nginx FastCGI (com exclusão de cache e pré-carregamento de cache)
  • Cache de objeto Redis (Isso reduzirá as consultas ao banco de dados, reduzirá a carga do servidor e tornará o carregamento do site WordPress dinâmico mais rápido)

Com o RunCloud podemos destacar 3 níveis de Cache:

  • Cache do lado do servidor: cache no nível do servidor
    Podendo ser Configurado Cache em Ramdisk (Mais rápido do que o cache em disco, mas limitado ao tamanho da memória RAM do servidor) Cache em Disco (Mais lento que a RAM, mas pode armazenar muito mais cache)
  • Cache do lado do WordPress: Com o plugin RunCloud Hub, fica mais fácil limpar o cache, com pré-carregamento e controle de regras dentro do painel WordPress.
  • Cache do lado do cliente : O cache do navegador é um exemplo de cache do lado do cliente.

Em relação ao desempenho, reforço: Um servidor bem otimizado não irá corrigir os problemas de desempenho da sua aplicação. Por conta disso, lembre-se de fazer o seu papel na otimização do seu site ou aplicação, para assim garantir um melhor aproveitamento.

Uma das grandes vantagens de ter seu próprio servidor, é poder dedicar parte de um hardware exclusivamente para seu uso, sem a interferência constante de outras centenas de sites no mesmo servidor que você (Como acontece na hospedagem compartilhada).

Segurança

Além do desempenho, considero a Segurança um dos motivos mais importantes para você começar a reavaliar hoje o uso de hospedagens compartilhadas.

A RunCloud te entrega o arroz com feijão durante sua configuração inicial, utilizando o FirewallD como Firewall e o Fail2Ban para SSH limitando 5 tentativas em um intervalo de 5 minutos (Sem configuração via painel).

Por padrão, todas as portas não utilizadas estão Bloqueadas, com exceção apenas de: ssh/22, http/80, https/443 e 34210/Porta RunCloud. As regras de porta do Firewall podem ser gerenciadas via painel.

Saiba mais sobre a segurança padrão da RunCloud

Se sua aplicação é mais exigente no quesito segurança, você ainda pode contar com WAF ModSecurity (instalação opcional) diretamente no Painel de Controle.

O WAF (Web Application Firewall) utiliza o ModSecurity com OWASP ModSecurity Core Rule Set e oferece segurança adicional via firewall para cada aplicativo da web individual.

Depois de ativado, tudo estará definido para uma configuração moderada que deve ser suficiente para maioria dos casos. Entretanto, você pode ajustar as configurações como achar melhor, podendo ajustar os níveis caso seu site esteja sob ataque.

Saiba mais sobre o WAF da RunCloud

WordPress – Firewall 7G

O 7G Firewall é o mais recente Firewall nG da Perishable Press. Essa configuração predefinida do Nginx traz o 7G Firewall para o servidor da web Nginx em servidores RunCloud.

Você pode tentar o firewall 6G ou 7G se o ModSecurity WAF não se adequar ao seu aplicativo da web.

Saiba mais sobre o 7G Firewall

Em segurança, infelizmente não existe a instalação via painel para Antivírus, sendo necessário realizar a instalação via Terminal, mas nada complexo. Recomendo que configure LMD Maldet e ClamAV para aprimorar as verificações contra arquivos maliciosos em seu servidor.

Claro, o LMD Maldet e ClamAV é opcional e nem sempre é uma necessidade. Dependendo do projeto e como ele foi construído, é preciso se atentar que cada recurso extra instalado poderá exigir mais hardware do servidor.

Suporte

Aqui, um ponto que pode ser controverso, pois a qualidade do suporte poderá ser interpretada de forma diferente dependendo do seu nível de conhecimento. Portanto o suporte será um ponto neutro.

Apesar do seu nível de suporte ser dedicado à plataforma, sempre tive respostas quando à problemas com htaccess, ou configurações personalizadas do NGINX.

Considerando os meus conhecimentos básicos em sistema UNIX, posso afirmar que, para mim, o suporte deles é incrível. Apesar de eu não ser um SysAdmin, sempre que preciso implementar algo novo, ou necessito de ajuda com algo mais avançado, posso contar com alguns profissionais da área. Profissionais estes que você encontra facilmente no mercado.

No meu caso é bem mais barato contar com esses profissionais esporadicamente do que contratar uma solução Gerenciada. Pois, ao longo desses anos, a quantidade de demandas técnicas que precisei foram muito baixas.

O tempo de resposta para mim é excelente, geralmente obtenho respostas precisas em menos de 30 minutos, e quase sempre já com a solução.

Pontos Negativos

Como dito ao Longo deste conteúdo, a RunCloud não é para todos, portanto, se você é um usuário comum, sem conhecimentos básicos de servidores, eu não recomendo!

Acredito que ainda faltem algumas opções simples que poderiam ser adicionadas ao Painel sem a intervenção por linha de comando, mas é notável como eles estão ouvindo a comunidade e implementando novos recursos a cada atualização.

Links Úteis

Considerações

Até o momento não tive problemas de indisponibilidade causada pelo Painel. Novos recursos estão sendo adicionados com frequência e me afastando cada vez mais do Terminal.

Se você está planejando testar o RunCloud, que tal dar uma forcinha e utilizar meu link de afiliado?

Cadastre-se e conheça o Runcloud clicando aqui.

E aí, já testou o Painel da RunCloud? Conte-me o que achou!

Gostou? compartilhe este conteúdo!
Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

3 respostas

  1. Olá Vitor, seu conteúdo sobre este tema me fez pensar muito sobre meu modelo de negócio atual, obrigado pelo insight.

    A RunCloud oferece alguma personalização a nível de interface como Whitelabel?

    1. Olá, Patrick! Como vai? Feliz que tenha gostado. Neste primeiro momento não existe Whitelabel, mas este é um recurso bem votado na comunidade, já estão considerando este recurso no futuro. Você pode ver a lista de recursos sendo considerados neste Link: https://features.runcloud.io/. No Facebook existe uma comunidade bastante ativa chamada “RunCloud Community”.

      Como você, mudei meu modelo de negócios, e neste momento entrego o ambiente de hospedagem 100% Gerenciado, e deixo claro que não existe um painel. Não tive objeções, pois trabalho com o consumidor final na construção de Sites. Espero ter ajudado, grande abraço e sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *